Ouro Preto e Mariana, MG

Actividades Similares


Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL
Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL Ouro Preto e Mariana, MG, Belo Horizonte, BRASIL

Ouro Preto e Mariana, MG

Itinerário
Este é o itinerário normal do produto

Para em: Museu do Aleijadinho, Praça Antônio Dias - sacristia da Matriz N.S. da Conceição, Ouro Preto, Minas Gerais 35400-000 Brasil

A Igreja foi erguida pela Ordem Terceira de São Francisco de Assis. Em torno de 1765 iniciou a preparação do terreno, e em 1766 as obras foram arrematadas pelo mestre pedreiro Domingos Moreira de Oliveira, seguindo um projeto de Aleijadinho. Contudo, a autorização oficial para a ereção do templo só veio em 1771. Como era o hábito na época, a construção foi iniciada a partir da capela-mor. Os trabalhos corriam rápido, e em 1774 já estava coberta, começando a decoração interna em talha e estuque sob a direção de Aleijadinho. Dele são os púlpitos em pedra-sabão instalados junto ao arco do cruzeiro. O altar-mor foi erguido entre 1790 e 1794.

Sua denominação homenageia o artista ouro-pretano Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, filho de Manoel Francisco Lisboa, construtor do Santuário de Nossa Senhora da Conceição. Criado em 1968 pelo então Pároco da Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Antônio Dias, Francisco Barroso Filho, o museu reúne peças de arte-sacra e documentos do acervo da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição.

Duração: 45 minutos

Para em: Praça Tiradentes, Centro, Ouro Preto, Minas Gerais 35400-000 Brasil

O local onde hoje se encontra a Praça Tiradentes, em Ouro Preto, era conhecido no século XVIII como Morro de Santa Quitéria e durante quase todo o século XIX, chamou-se Praça da Independência.

Em 1894, com a inauguração do Monumento em homenagem a Tiradentes , passou a se chamar Praça Tiradentes. Por volta de 1750, começava a se formar o conjunto arquitetônico da praça. Em 1748, aproximadamente, já começava a funcionar no local o novo Palácio dos Governadores. Hoje, a Praça Tiradentes é marcada por dois imponentes prédios: o Museu da Inconfidência (antiga Casa da Câmara e Cadeia – 1784) e o Museu de Ciência e Técnica (antigo Palácio dos Governadores).

Compondo o conjunto, há um admirável casario colonial onde se destacam: – Conjunto Alpoim: são diversas casas que teriam sido projetadas pelo brigadeiro José FernandePinto Alpoim, que vão do número 52 ao 70. Entre elas, está a casa de Dom Manoel de Portugal e Castro, que foi o último governador da Capitania de Minas Gerais no período colonial.

As três grades das sacadas apresentam uma curiosidade; nelas se encontram a inscrição: “ para memória do benefício imortal teu nome fica gravado neste metal .” Há uma lenda que conta que a amante do governador é que teria mandado fazer a inscrição na sacada de sua casa. – Casa da Baronesa. Nº 33. – Câmara Municipal e Posto de Informações Turísticas. Nº 41. – O Restaurante Estudantil – REMOP. Nesse local, no século XVIII, existiu a Santa Casa de Misericórdia. O prédio atual, em estilo neoclássico, já serviu como Fórum no princípio do século.

Duração: 45 minutos

Para em: Museu da Inconfidência, Praca Tiradentes 139, Ouro Preto, Minas Gerais 35400-000 Brasil

O Museu da Inconfidência teve seu embrião original na decisão de Getúlio Vargas, em 1936, de resgatar os despojos dos heróis da Inconfidência Mineira então sepultados na África, para onde tinham sido degredados.

Esta decisão se inseriu num movimento maior de recuperação da memória do período colonial brasileiro e de seus monumentos, sendo que nesta mesma época foi criado o órgão nacional de defesa do patrimônio histórico e artístico brasileiro, o IPHAN.

Duração: 1 hora

Para em: Igreja Nossa Senhora do Rosário, Largo do Rosário, Ouro Preto, Minas Gerais 35400-000 Brasil

O templo foi fundado pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, que fora constituída em 1715. De início a Irmandade não tinha um local de culto próprio, e funcionava junto à Matriz de Nossa Senhora do Pilar. Um ano após sua fundação, os irmãos compraram uma capela no bairro do Kaquende, onde mantiveram suas devoções até 1733, ano em que o Santíssimo Sacramento, ali mantido enquanto a Matriz passava por reforma, funcionando neste período como Matriz, foi trasladado da primitiva capela do Rosário de volta para sua casa no Pilar. Para a passagem da procissão, uma suntuosa festividade que se tornou famosa na história local, chamada Triunfo Eucarístico, a Irmandade dos Pretos abriu uma rua, a atual rua Getúlio Vargas.

Em troca deste favor, em 1753 foi dada a autorização para a construção de um templo mais imponente, e em 1761 a Câmara de Ouro Preto concedeu aos irmãos um grande terreno nas vizinhanças de sua capela.

Duração: 1 hora

Para em: Igreja de São Pedro dos Clérigos, Rua Dom Silverio, S/N Colina de São Pedro, Mariana, Minas Gerais 35420-000 Brasil

A Igreja de São Pedro dos Clérigos é um importante templo católico barroco do município de Mariana, Minas Gerais, no Brasil. Foi construída pela Irmandade de São Pedro dos Clérigos, composta de padres seculares.

Duração: 30 minutos

Para em: Praça Minas Gerais, Rua Dom Silvério, Mariana, Minas Gerais 35420-000 Brasil

A Praça Minas Gerais se localiza no centro do município de Mariana, e faz parte do Patrimônio Cultural do Estado de Minas Gerais, Brasil. é cercada por importantes monumentos históricos do período colonial, fez parte da rota do ouro e hoje, é um importante ponto turístico do município. Ao centro, encontra-se o Pelourinho construído em 1970 (o pelourinho original foi executado por José Moreira Matos em 1750 e demolido em 1870), símbolo de poder do Estado e lugar de punições públicas para criminosos ou escravos. Era também o local onde eram lidos os editais públicos e anunciados as notícias de Portugal.

Sua estrutura de pedra apresenta, atualmente, em sua composição o brasão da Coroa portuguesa, uma balança para simbolizar a justiça, um globo que representa as conquistas marítimas, uma espada que significa a condenação e uma pequena cruz representando a Religião católica que deliberava e justificava os poderes do Rei.

Duração: 30 minutos

Para em: Minas da Passagem, R. Eugenio E. Rapallo, 192, Mariana, Minas Gerais 35420-000 Brasil

Maior mina de ouro aberta a visitação do mundo, a Mina da Passagem guarda segredos e mistérios que encantam a todos. A descida para as galerias subterrâneas se faz de modo incomum, através de um trolley. O percurso tem 315 metros de extensão e chega a 120 metros de profundidade, onde se vê um maravilhoso lago de águas cristalinas, formado pelos aquíferos que inundaram quilômetros de túneis, quando estes deixaram de ser bombeados. Mergulhar neste mundo subaquático é possível, através de uma empresa especializada. O cenário do interior da mina impressiona a todos, com suas galerias, salões e colunas. Não há também como esquecer o lado humano, o sacrifício daqueles que escavaram as entranhas da montanha em busca de riquezas. A temperatura é estável o ano todo, entre 17° a 20° C. Desde a sua fundação, no início do século XVIII, foram retiradas aproximadamente 35 toneladas de ouro.

Duração: 1 hora



Informacion Adicional
"A confirmação será recebida no momento da reserva"
"É necessário apresentar um passaporte válido no dia da viagem"
"Sem acessibilidade para cadeira de rodas"
"Acessível para carrinhos de bebê"
"Perto de transporte público"
"Bebês devem permanecer no colo"
"A maioria dos viajantes está apta a participar"
"Esta experiência requer boas condições climáticas. Caso seja cancelada devido ao mau tempo, ofereceremos uma data diferente ou o reembolso integral."
"Esta experiência requer um número mínimo de pessoas. Caso seja cancelada por falta de viajantes, ofereceremos uma data/experiência diferente ou o reembolso integral"
"Esta excursão/atividade terá até 15 viajantes"



Hora de Inicio: Fornecedores e viajantes combinam os horários de início dentro de períodos específicos. 05/09/2019 - 03/03/2021
Segunda - Domingo:06:00 - 23:00

Duración: 8 Horas
Lugar de comienzo: Minas Ecoturismo - Agência Belo Horizonte, R. Cotegipe, 15 - Horto, Belo Horizonte - MG, 31035-050, Brasil

O produto oferece traslado
Fazemos o seu embarque/desembarque no ponto combinado, seja hotel ou aeroporto.


Cancelaciones y devoluciones: Para receber um reembolso integral, cancele com até 24 horas de antecedência do início da experiência.

Incluye

  • Veículo com ar-condicionado
  • Wi-Fi a bordo
  • Almoço

No Incluye

  • Café da manhã
  • Taxas de entradas nos atrativos
  • Entrada - Aleijadinho Museum
  • Entrada - Museu da Inconfidencia
  • Entrada - Igreja Nossa Senhora do Rosario
  • Entrada - Minas da Passagem

Instalaciones

Actividades Similares


Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más informacion en políticas de privacidad